Lifelong learning: Conheça mais sobre a nova tendência de mercado

Avatar photo Rebeca Rohr | 17 de março de 2022

Lifelong learning está relacionado ao conceito de uma pessoa se manter em constante aprendizado e ao longo de sua vida. Ou seja, a proposta é que o profissional adote uma postura aberta ao conhecimento e sem data para acabar.

lifelong-learning

Esse termo tem ganhado cada vez mais espaço e reconhecimento no mercado de trabalho, principalmente no RH estratégico. O lifelong learning veio para transformar a ideia de que o aprendizado acaba após receber um diploma.

As empresas que se preocupam em promover um ambiente interno de aprendizagem e de desenvolvimento tendem a estar na frente de seus concorrentes. Isso se deve porque as competências necessárias para se ocupar qualquer cargo estão mudando.

Saiba neste artigo o significado de lifelong learning, a sua importância, as vantagens de adotar essa mentalidade e como aplicar na prática esse conceito nas empresas. Boa leitura!

O que é lifelong learning

Na tradução para o português, lifelong learning significa “aprendizado contínuo”. Nesse sentido, o termo sustenta a ideia de que os estudos formais são apenas uma parte da qualificação.

Ou seja, é a mentalidade de que o aprendizado é durante toda a vida, sendo mais flexível, diversificada e que está disponível em diferentes tempos, momentos e lugares.

E o formato de estudo é variado, podendo ser desde um livro até um curso online. O foco é buscar novos aprendizados e experiências com a postura proativa, contínua, voluntária e automotivada sobre assuntos que interessa o profissional.

Quando se considera a alta competição no mercado de trabalho e o aumento do uso de novas tecnologias, adotar a postura de “lifelong learner” é essencial. Pois, ela acaba sendo mais importante do que ter a competência X ou Y.

Além disso, essa mentalidade condiz muito com as transformações que as empresas têm sofrido. Afinal, sempre existe competências novas para aprender e se aperfeiçoar nas existentes também.

Uma pessoa que entende o valor da educação para o seu desenvolvimento profissional e investe em sua qualificação, estará mais preparado para lidar com a complexidade atual e futura das organizações.

Os quatro pilares do lifelong learning

De acordo com a Lifelong Learning Council Queensland, instituição que dissemina o conceito de lifelong learning pelo mundo, existem 4 pilares que ajudam a entender melhor essa nova forma de pensar e agir sobre os processos de aprendizado. Confira só:

1. Aprender a conhecer

A intenção aqui é que se aprenda a aprender, adquirindo conhecimento de maneira questionadora. Assim, a pessoa se beneficia das oportunidades oferecidas ao longo da vida.

Reconstruir o conhecimento estimula a curiosidade, desenvolve o senso crítico, a reflexão sobre ideias, considera o posicionamento em diferentes situações e ajuda a ter uma visão mais ampla das coisas.

2. Instruir-se a fazer

Na mentalidade do lifelong learning, é preciso aprender a fazer as coisas de uma forma geral e mais abrangente. A intenção é tornar a pessoa mais preparada para enfrentar todo tipo de situação.

Alguns exemplos disso são as competências comportamentais, como aprender a trabalhar em equipe, a se adaptar ao novo, a ser mais proativo, saber ter uma boa oratória, ter inteligência emocional e resiliência.

3. Saber a conviver

O terceiro pilar foca no que a pessoa precisa aprender sobre convivência. É necessário entender sobre as interdependências existentes para que no futuro ela compreenda os outros ao seu redor, saiba gerenciar conflitos e a considerar os valores da diversidade.

Aprender com o outro é algo contínuo. A convivência ajuda na troca experiências, na resolução de problemas, a ter mais empatia, paciência e a criar um vínculo social.

4. Compreender a ser

Quando se busca mais autoconhecimento, é possível compreender melhor a ser, para evoluir na sua forma de agir, desenvolver sua personalidade e poder agir com uma capacidade maior de autonomia, perspicácia, com senso crítico e com responsabilidade.

A importância do lifelong learning nas empresas

A mentalidade do lifelong learning auxilia na construção e no crescimento de carreira, na entrega de resultados cada vez mais positiva e a manter a qualidade do trabalho por muito mais tempo.

Além disso, quando se tem uma postura de lifelong learner, a pessoa tende a se reinventar, a desenvolver mais suas competências (as soft e hard skills) e também a elevar suas chances de promoção na empresa.

Quanto o profissional busca por conhecimentos atuais e inovadores está tendo a mentalidade de um lifelong learner. E sua importância também inclui: antecipar e acompanhar as transformações digitais que acontece no mundo.

Ficar atento as tendências, as tecnologias de ponta e em qualquer outra novidade do mercado é necessário para estar em constante desenvolvimento de novas habilidades e se manter atualizado profissionalmente.

As vantagens de se tornar um lifelong learner

Se manter atualizado, independentemente da área de atuação, é fundamental. Mas, além disso, existe várias outras vantagens e benefícios de se tornar um lifelong learner. Confira só:

Adaptabilidade

A pessoa que busca sempre aprender algo novo ao longo da vida estará mais preparada para qualquer coisa e às mudanças que podem acontecer. No mundo atual, é muito importante ter flexibilidade e capacidade de improvisação em uma situação inesperada.

Nesse sentido, o lifelong learning faz com que a pessoa se mantenha qualificado durante toda a sua carreira, principalmente por ficar por dentro das novas tendências e skills exigidas no mercado.

Maior retorno financeiro

Quando a pessoa tem a mentalidade de aprendizado contínuo, ela se mantém competitiva no mercado e, gradativamente, irá ter um retorno financeiro muito maior. Afinal, o profissional estará sempre buscando dar o seu melhor e isso acarretará em promoções ou ter seu próprio negócio.

Aumento da satisfação

Tornar-se um lifelong learner aumentará a autonomia, domínio e propósito, que são alguns dos pilares principais para uma pessoa se sentir mais satisfeita e motivada.

Como aplicar o lifelong learning na prática

Existe algumas formas de aplicar essa mentalidade na prática e, para isso, separamos algumas das estratégias mais eficientes para viabilizar e acelerar esse aprendizado contínuo. Veja só:

Invista em treinamentos e cursos de qualificação

Fazer treinamentos e cursos de qualificação são uma ótima ferramenta de crescimento. O tipo de curso e o tempo de duração é variável. E é possível ter novos experiências em qualquer área de conhecimento escolhido.

Fique por dentro das tendências de mercado

Como você já deve saber, o mercado é volátil e exige que os profissionais estejam sempre se mantendo atualizado. As novas tendências de mercado funcionam como diretrizes estratégicas e pode ajudar a sua empresa a se tornar mais competitiva.

Identifique os pontos de melhoria mais relevantes

Para manter o aprendizado sempre em dia, é importante revisitar suas competências e identificar os gaps e os pontos de melhoria que sejam mais relevantes para o momento atual.

Melhorar aspectos comportamentais ou a capacidade de liderança fazem muita diferença para a carreira. Por isso, não foque só em conteúdos técnicos durante os processos de aprendizagem.

Após identificar esses pontos, basta começar a elaborar um plano de desenvolvimento ou de ação para impulsionar a trajetória profissional e conseguir atingir seus objetivos.

E para te ajudar a se manter em constante aprendizado, como a mentalidade do lifelong learning sugere, e entender sobre as novas tendências de mercado, baixe agora nosso e-book gratuito sobre As 10 competências do futuro mais avaliadas pelas empresas.

Artigos relacionados

Faça parte da nossa comunidade e receba conteúdos valiosos no seu e-mail.

     

    Solicite agora uma demonstração.

    Preencha os campos ao lado para agendar uma demonstração da nossa plataforma.