25 de agosto de 2020

Gestão Empresarial: O que é? Como funciona? Quais ferramentas utilizar?

A Gestão Empresarial é uma das estratégias mais importantes no ambiente de negócios, por guiar a empresa a alcançar seus resultados, definir seus processos, evitar erros e auxiliar no desenvolvimento de melhorias contínuas.

Saber como conduzir e tomar ações que levem ao crescimento sustentável da organização é uma tarefa complexa. Por isso, é necessário entender a definição, a importância e como colocar em prática esses conceitos.

Saiba ao longo desse artigo tudo sobre Gestão Empresarial. Aprenda as estratégias de gestão para elevar o crescimento do seu negócio, obter os melhores resultados e estruturar todos os processos com maior eficiência.

Afinal, o que é Gestão Empresarial?

A Gestão Empresarial integra todas as áreas da empresa, sua definição está associada ao conjunto de ações e estratégias que são aplicadas ao negócio. Com a Gestão Empresarial, é possível fazer a Gestão Estratégica da empresa e utilizar os recursos financeiros, estruturais e humanos para manter tudo em ordem.

Toda empresa possui alguns sistemas que caracterizam a elaboração da Gestão Empresarial, como: ter foco no crescimento, melhorar o alcance dos resultados, utilizar ferramentas que auxiliam os gestores a cumprir seus objetivos estratégicos e na otimização dos processos.

Ou seja, os conceitos de Gestão Empresarial estão ligados na forma de organizar os processos e gerenciar a rotina de trabalho. E isso pode incluir a parte administrativa, financeira, o setor de recursos humanos, a infraestrutura e todas as outras áreas relevantes para expandir o seu negócio e elevar o crescimento sustentável da organização.

Qual é a importância da Gestão Empresarial?

Estabelecer corretamente o planejamento estratégico e a estrutura dessa condução de negócios é crucial para que as decisões e diretrizes tenham impactos positivos, que otimizam o desempenho, se mantém estável diante de qualquer situação e também à concorrência.

Por isso a Gestão Empresarial é tão importante, ela se relaciona com todos os processos organizacionais, como: o alinhamento estratégico, análises de custos, pagamentos, contratações ou demissões, entre outros ambientes do setor humano, financeiro e estrutural de uma empresa.

Utilizar um sistema de gestão empresarial torna os processos mais eficientes, traz resultados mais assertivos e os projetos são estratégicos e organizados. É fundamental para direcionar as ações da empresa no caminho certo.

Transmitir corretamente a missão, visão e valores da organização, realizar a gestão da qualidade e de operações são alguns exemplos. Sua ausência pode influenciar na insatisfação dos colaboradores, perda de clientes, falhas no controle financeiro, processos ineficientes e falhas de gestão.

Os pilares da Gestão Empresarial

Existem alguns itens essenciais que compõe a gestão empresarial nas organizações e devem ser desenvolvidas em todos os setores do negócio:

1.     Planejamento e mapa estratégico

O planejamento é fundamental para os negócios, possibilita colocar em prática todos os projetos de forma mais assertiva. Toda ação deve ter um objetivo estratégico específico e prazos para serem realizadas, por isso o plano e mapa estratégico devem ser utilizados sempre.

Sem isso, os departamentos podem partir em lados opostos, não ter uma meta bem definida e nem organização. É importante também realizar revisões e ajustes para modificar possíveis desvios. O objetivo disso é diminuir danos e elevar os resultados.

2.     Monitoração e Métricas

Durante o desenvolvimento das tarefas, é necessário realizar a monitoração de cada etapa do processo e identificar se as metas e objetivos estão sendo cumpridas conforme o planejado. Usar indicadores de desempenho nesse momento é indispensável para que a gestão saiba exatamente se o projeto está dando certo.

As métricas elevam a eficácia, produtividade, qualidade e lucro da organização e o desempenho de processos. Utilizar ferramentas como a Análise SWOT, 5W2H e Balanced Scorecard também podem ser de grande auxílio nessa hora.

3.     Tecnologia

A tecnologia auxilia os gestores a desenvolver processos e acompanhar o desempenho das ações, de forma planejada e estratégica para a tomada de decisões. O ERP (Enterprise Resource Planning) ou sistemas integrados de gestão são plataformas que fazem esse tipo de tarefa em um único lugar e para diferentes áreas da companhia.

Esses softwares armazenam e compartilham dados em tempo real e geram relatórios para análises detalhadas. Automatizar as tarefas com tecnologia auxilia em todo a gestão empresarial e também na gestão de operações.

4.     Recursos Humanos

As pessoas são os recursos chave de uma organização. Todos os colaboradores precisam ter seu potencial, suas competências, habilidades e talento a ser colocado em prática dentro da sua função.

É necessário incentivar a formação de novos gestores e que busca constante aprendizado. Um bom gestor necessita motivar seus funcionários a entregar o melhor de si, dedicados a entregar os melhores resultados para que os projetos sejam realizados com sucesso.

Os 4 tipos de Gestão Empresarial

Conheça os principais tipos de gestão empresarial para entender qual pode ser melhor para se adequar ao que a sua empresa precisa. Confira!

1. Gestão Meritocrática

Esse tipo de processo tende a valorizar, reconhecer e recompensar o colaborador por seu desempenho e performance dentro da sua função. Com esse tipo de gestão, é fundamental ter cuidado para não desenvolver um ambiente competitivo entre os colaboradores. Afinal, o crescimento do funcionário na empresa está diretamente ligado ao seu mérito e de forma mais individual.

2. Gestão Democrática

A gestão Democrática ou Participativa, é um tipo de gestão que proporciona maior liberdade para que os colaboradores possam contribuir com novas ideias e auxiliar na tomada de decisões. O trabalho é feito mais em conjunto do que individual, ou seja, o reconhecimento do trabalho é em equipe.

3. Gestão de Excelência

O modelo de excelência na gestão empresarial traça estratégias para guiar a empresa no caminho certo que a leve para a excelência. Esse tipo de sistema é baseado na metodologia do PDCA (plan, do, check, act) e também do PDCL (plan, do check, learn).

4. Foco nos processos e resultados

Como o próprio nome diz, tem foco em processos, ou seja, os pilares dessa gestão são as atividades e a execução das ações pelos colaboradores. Procura constantemente evoluir e melhorar os processos.

Tenta identificar os detalhes necessários e realizar ajustes para manter tudo em ordem. Já na parte dos resultados, o foco é realmente se dedicar a chegar lá, traça estratégias necessárias para conseguir alcançá-lo.

As 6 ferramentas utilizadas na Gestão Empresarial

Alguns desses sistemas e metodologias podem auxiliar na gestão empresarial na hora de qualificar e facilitar os processos do negócio. Conheça as principais:

1.     Análise SWOT

A análise SWOT, ou em português FOFA, avalia a empresa em conjunto com a concorrência e definir sobre as Forçar, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças. Assim é possível identificar os pontos positivos e negativos da estratégia de gestão.

2.     Matriz BCG

A Matriz BCG faz uma análise gráfica dos valores da empresa e as soluções e produtos que ela oferece. Assim, é possível definir a melhor estratégia para os negócios em relação aos seus produtos de mercado.

3.     5W2H

Com a metodologia do 5W2H é feito uma sequência de ações antes de colocar em prática no projeto. Sua sigla significa: What (o quê), Why (por quê), Where (onde), When (quando), Who (quem), How (como) e How much (quanto). Assim as respostas para essas perguntas vão definir as metas e ações de acordo com a prioridade.

4.     Balanced Scorecard

Com o BSC, se realiza a mensuração do desempenho dos negócios, partindo de indicadores e da análise sobre as metas e objetivos estratégicos. É possível realizar o mapa e definir um plano sobre as perspectivas financeiras, de mercado e dos processos internos.

5.     Matriz Ansoff

A matriz Ansoff é uma ferramenta que analisa e planeja as estratégias de uma empresa em crescimento, auxiliando também na análise de risco que pode ocorrer durante o processo. Assim, a matriz pode ser aplicada a produtos existentes ou novos.

6.     Análise Pest

A análise de Pestel ou Pest representa Política, Economia, Social e Tecnologia, ou seja, é utilizada para analisar as mudanças ocorridas nesses ambientes dos negócios. Dessa forma, é possível ter uma visão maior das ameaças e oportunidades externas que a empresa pode sofrer.

 

Enfim, como você deve ter percebido ao longo desse artigo, a Gestão Empresarial engloba todos os setores de uma empresa, auxiliando a manter o crescimento saudável e a elevar os resultados. Os conceitos desta gestão podem ser aplicados a todo tipo de negócio, o importante é saber exatamente qual a estratégia será aplicada.

Adotar a gestão empresarial é um diferencial competitivo, ajuda também na tomada de decisões, a ter uma visão mais ampla e prevenir problemas organizacionais.

E para potencializar seus resultados e aumenta o desempenho dos seus colaboradores, recomendados nosso artigo sobre Indicadores-chave de Desempenho. Boa leitura!

Gostou desse artigo? Compartilhe.