retenção_de_talentos_capa_mereo gestao de metas

6 de agosto de 2021

Retenção de talentos: o que é, sua importância e como fazer

Dentro da gestão de pessoas a retenção de talentos é de grande importância, já que ajuda no clima organizacional e traz mais valor para a empresa, sendo algo atrativo para os profissionais.  

A retenção de talentos é uma prática que exige que o RH adapte à realidade e cultura da empresa, levando em consideração o perfil comportamental dos colaboradores.  

Ficou interessado e quer saber mais sobre a retenção de talentos, sua importância e como aplicar dentro da organização? Continue lendo.  
 

O que é retenção de talentos 

Primeiramente, é necessário entender do que estamos falando quando se trata de talentos, que são os profissionais com alta produtividade e conexão ao perfil da organização que trabalham. 

No mercado, os melhores profissionais estão empregados e tem o poder de escolha, entre ficar na empresa ou aceitar uma outra proposta. Dessa forma, é necessário que além do salário, existam outros motivos para que o funcionário escolha a sua empresa. 

A retenção de talentos é um conjunto de ações que são realizadas pela gestão estratégica de pessoas, pensando em manter a motivação no trabalho. O ideal é criar um ambiente de trabalho agradável e com perspectiva de crescimento para evitar a rotatividade.  

Essas ações podem ser estratégias de reconhecimento e recompensa, benefícios, bonificações e atividades de integração ao ambiente e equipe de trabalho. Inclusive, uma das vantagens da retenção é o crescimento da própria empresa. 

Qual a importância da retenção de talentos 

Uma empresa só cresce no mercado por meio do trabalho em equipe. Sendo assim, cada colaborador é parte essencial para o andamento das atividades do negócio.  

Com profissionais de alta performance, é possível alcançar as metas e objetivos da empresa com destaque e dentro dos prazos estipulados. Entretanto, o contrário também pode ocorrer se houver desligamento deste funcionário.  

Por isso, a retenção de talentos é algo indispensável. Dessa maneira, proporciona razões para que os trabalhadores permaneçam na organização e estejam alinhados com a cultura organizacional.  

Quais são os benefícios da retenção de talentos 

Muitas empresas do mercado ainda não reconhece as vantagens de fazer a retenção de talentos no ambiente interno, o que gera a alta rotatividade e trabalho dobrado para encontrar alguém que se adeque a vaga ou que possua o fit cultural

 Veja abaixo os principais benefícios da retenção de talentos:  

1. Auxilia na melhoria do clima organizacional  

clima no ambiente de trabalho influencia a forma como os colaboradores e clientes, se sentem. As estratégias para a retenção de talentos aumentam as ações de engajamento e consequentemente melhora o clima interno.  

Ao ajudar um funcionário talentoso, eles se tornam mais colaborativos, ajudando outros funcionários com os desafios diários. Fortalecendo o relacionamento e harmonia na empresa. 

2. Melhora o engajamento e produtividade 

No benefício anterior vimos que um colaborador motivado consegue contribuir para a melhoria no clima organizacional e ajuda na produtividade do time.  

Isso acontece, pois, quando o time está alinhado em busca dos mesmos objetivos, as atividades são entregues com qualidade e dentro do prazo estipulado.  

Além disso, um profissional bem capacitado é difícil de substituir caso ele peça desligamento da empresa. Por isto, é tão importante manter esses talentos engajados.  

3. Redução de custos 

Os processos de recrutamentoseleção e desligamento de profissionais, geram custos e tempo. Por isso, manter um talento dentro da empresa é tão necessário, já que evita esses custos e ainda retém um bom profissional.  
 

4. Melhoria do employer brand 

Hoje as empresas que estão preocupadas com a sua marca, entendem a importância de trabalhar para que sua marca seja vista como boa empregadora. 

A retenção de talentos é um programa que, além de evitar o desligamento de bons profissionais, fortalece o employer brand da empresa. Ou seja, a visão da sua empresa perante o mercado.  

Já que os próprios colaboradores motivados e engajados são promotores da organização. 

Como fazer uma retenção de talentos eficaz 

Hoje em dia a saúde emocional e bem-estar são assuntos bastante discutido no meio profissional. Por isso, a retenção de talentos precisa promover ações que tragam para o ambiente de trabalho harmonia, para torná-lo mais produtivo e criativo.  

Existem alguns elementos que auxiliam no momento de manter seu funcionário engajado e “vestindo a camisa” da empresa:  

  • Líderes que inspiram;  
  • Comunicação interna assertiva; 
  • Expectativa de crescimento dentro da empresa; 
  • Segurança no trabalho; 
  • Metas e desafios;  
  • Reconhecimento financeiro e pessoal. 

Além de tudo isto, para fazer uma retenção de talentos eficaz dentro da sua organização você pode seguir os 7 passos a seguir:  

1. Defina com detalhes o cargo de cada colaborador 

Posicionar os colaboradores de acordo com o seu cargo e aptidões mantem o time produtivo e satisfeito com seu trabalho.  

Nesse passo, é necessária uma boa comunicação, pois as atividades exercidas pelo cargo e habilidades devem ser passadas de forma clara e objetiva.  

2. Construa uma cultura de feedback 

Como mencionado anteriormente, durante o processo de retenção de talentos é necessária uma boa comunicação. Por isso, implementar a cultura de feedback dentro da organização é crucial para retê-los.  
 
É importante dar feedback, desde o sucesso de uma tarefa, até pontos de melhoria para atingir seus objetivos.  

Por meio dos feedbacks também é possível ter o retorno da visão do colaborador diante as demandas e empresa, auxiliando o crescimento e evolução das estratégias de retenção.  

3. Seja flexível 

Com a cultura de feedbacks, você dá abertura para o diálogo. Por isso, é necessário ser flexível para escutar e entender a dor do seu funcionário.  

Pois se ele é um funcionário de alta performance, que atende as expectativas da empresa, é importante pensar o que é necessário adaptar para que ele permaneça dando o melhor de si na organização. 

4. Crie um ambiente de trabalho colaborativo 

Não é apenas os benefícios e salário que mantem um profissional na sua empresa. O ambiente de trabalho é um fator importante, se o profissional não se sentir tranquilo no local em que trabalha, ele vai em busca de uma empresa que se adeque a isso.  

Para isso, não precisa de procedimentos complexos para melhorar o clima organizacional. Confraternizações, atividades recreativas, um almoço ou café para comemorar uma conquista, são opções para melhorar o relacionamento interno.  

Quando um funcionário está em um ambiente harmonioso e que fornece salário emocional, é possível elevar a produtividade e o tornar mais colaborativo. 

5. Prezar pelo bem-estar físico e emocional   

Como dito no passo acima, um ambiente harmonioso é crucial para reter talentos. Junto a isso, está atrelado o bem-estar físico e emocional dos funcionários.  

Se atentar a isso é fundamental para identificar sintomas de estresse, depressão e Burnout. Para evitar a sobrecarga de trabalho e tomar ações que o mantenha motivado, para evitar o turnover deste talento.  

6. Reconhecimento 

O reconhecimento é um dos facilitadores da motivação no trabalho, pois a parabenização pode fazer toda diferença para o talento.  
 
Além disso, faz com que o colaborador se sinta importante para a empresa e seus resultados, aumentando seu engajamento e sua entrega de resultados.  

7. Construa um plano de carreira  

O sonho de muitos talentos é construir uma carreira longa e de sucesso dentro de uma empresa. Dessa maneira, a construção de um plano de carreira conciso e bem estabelecido, é fundamental para a retenção de talentos. 

Pois, a frustração pela falta de chances para crescimento dentro da organização ou o desejo por maiores remunerações, faz com que o profissional busque outra empresa.  

Assim, é preciso desenvolver de maneira estratégica o plano de carreira a longo prazo, para que o funcionário entenda suas possibilidades de evolução na empresa. 

Enfim, vimos que a retenção de talentos traz benefícios tanto para o colaborador quanto pra empresa. Além disso, faz parte das obrigações dos gestores identificar as habilidades e motivar os colaboradores por seus feitos.  

Essa prática auxilia nos processos internos e ajuda a alavancar os resultados, mantendo seu time engajado. Os responsáveis pela gestão de pessoas precisam se manter atualizados e alinhados com o assunto e que coloquem em prática as estratégias de retenção.  

Agora que você sabe o que é a retenção de talentos, sua importância, benefícios e como fazer de maneira eficaz, queremos recomendar que você baixe agora nosso ebook “tudo que você precisa saber sobre feedback” e aprenda mais sobre este assunto para aplicar com sua equipe.  

Gostou desse artigo? Compartilhe.