Como tornar o seu RH estratégico? Guia para ajudar a sua empresa!

Avatar photo Ana Gabriela Dias | 29 de dezembro de 2022

RH estratégico é considerado um modelo de gestão de pessoas que compreende os colaboradores de maneira estratégica, sendo eles a parte mais importante da empresa. Além disso, utiliza recursos tecnológicos para otimizar os processos e possibilitar a tomada de decisão baseada em dados.

O papel do RH estratégico é essencial dentro das organizações. Isso porque ele proporciona o crescimento de forma acelerada, ajuda os negócios a ter mais rentabilidade financeira e utiliza o capital humano de forma mais assertiva. 

Engana-se quem ainda pensa que o RH se restringe apenas à contratação de pessoas. Uma das principais missões do RH estratégico é alinhar os objetivos organizacionais aos objetivos profissionais e influenciar o ciclo de vida dos colaboradores dentro da organização.  

Saiba então o que é RH estratégico, sua importância dentro do ambiente interno e como implantar esse modelo de gestão na sua empresa com sucesso! 

Neste conteúdo você encontra:  

  • O que é RH estratégico? 
  • A diferença entre RH estratégico e Rh tradicional 
  • A importância do RH estratégico nas empresas 
  • Como tornar o RH estratégico? Conheça suas 4 funções! 
  • Como implantar o RH estratégico? 
  • A tecnologia na gestão do RH estratégico 

O que é RH estratégico? 

Antes de falar sobre o que é RH estratégico, é válido ressaltar exatamente o que ele não é.  

Esse modelo de RH não se trata apenas das partes burocráticas do departamento pessoal, como o controle do contracheque, a gestão de benefícios e questões de admissão ou desligamentos. 

O que faz um RH estratégico é a gestão integrada que se posiciona de forma estratégica na empresa. Ou seja, ele atua em conjunto com outras áreas para tomadas de decisões embasadas, faz um planejamento antes de agir e busca sempre otimizar processos para ter os melhores resultados. 

Além disso, o RH estratégico oferece para a organização o crescimento do negócio através da gestão estratégica de pessoas. Isso acontece por meio de ações que tem como objetivo reter talentos, elevar a produtividade, propagar a cultura organizacional e potencializar o Employer Branding

Logo, o RH tem a missão de criar o elo entre os colaboradores e a empresa e fortalecer o engajamento e a motivação necessária para que todos caminhem juntos rumo aos objetivos da organização de maneira harmoniosa. 

Ademais, há ferramentas à disposição do RH para estimular os colaboradores a alcançarem altos níveis de produtividade e engajamento. 

Como promover a atração e retenção de talentos, definir uma política de remuneração e benefícios justa, gerenciar conflitos, potencializar a comunicação interna, desenvolver o capital humano por meio de treinamentos e proporcionar um clima organizacional saudável. 

Você pode estar pensando, “ok, definir uma política de remuneração já é uma atividade do RH há tempos…”, calminha aí! Na gestão estratégica de recursos humanos, essa tarefa é realizada não apenas como uma obrigação do setor. Essa e outras definições são parte de um plano maior: atrair e reter talentos para promover melhores resultados para a empresa. 

Porém, o maior diferencial do RH estratégico é a utilização da tecnologia de ponta como prioridade para otimizar e integrar seus processos e ações. É com a tecnologia no RH que se tem uma visão mais estratégica de tudo que acontece na organização. 

A diferença entre RH estratégico e RH tradicional 

Existe uma grande diferença entre RH estratégico e tradicional. Podemos citar, por exemplo, os modos de atuação no cotidiano dessas áreas e seus planejamentos processuais. Confira agora detalhadamente um pouco sobre eles: 

RH tradicional 

O RH tradicional tende a focar mais nos procedimentos burocráticos e formais da empresa. Alguns deles são: contratação e desligamento, gestão de pessoal e folha de pagamento, cálculos trabalhistas.  

No geral, ele executa funções mais administrativas e operacionais da organização. Além disso, os objetivos são focados em gerenciar as relações de trabalho de forma mais tradicional e seguir o padrão conforme a legislação.  

No modelo hierárquico, há certa distância entre o gestor e o liderado, com uma comunicação padronizada e ligada à hierarquia vertical, havendo pouco espaço para trocas de informação e integração. 

Os profissionais que praticam o RH tradicional costumam usar bastante planilhas, processos manuais e tomar decisões não embasadas em dados.  

RH estratégico 

O RH estratégico se preocupa em garantir o sucesso do negócio por meio de ações planejadas. Ele é responsável por realizar o fit cultural do colaborador com a empresa, integrar os profissionais e otimizar os processos por meio da tecnologia.  

Também se diferencia por priorizar a hierarquia horizontal na comunicação, o que torna cada vez mais simples o acesso entre o líder e sua equipe. O contato direto garante menos chances de falhas de entendimento, tornando o processo mais assertivo e com maior acesso à informação. 

Além disso, o RH estratégico propõe a diversidade e inovação nas áreas, incentiva a criatividade, realiza avaliações para elevar o desempenho, utiliza pesquisas para entender melhor o ambiente interno e também sugere soluções que visam o crescimento e evolução da empresa em conjunto com as pessoas. 

<div role=”main” id=”formulario-ebook-como-avaliar-as-competencias-4c5ef081637c5699ed6d”></div><script type=”text/javascript” src=”https://d335luupugsy2.cloudfront.net/js/rdstation-forms/stable/rdstation-forms.min.js”></script><script type=”text/javascript”> new RDStationForms(‘formulario-ebook-como-avaliar-as-competencias-4c5ef081637c5699ed6d’, ‘UA-33617091-1’).createForm();</script> 

Na prática, a gestão tradicional de recursos humanos e a estratégica são bastante diferentes. Enquanto a primeira é mais administrativa e tem foco na execução de tarefas, a segunda tem como foco o desenvolvimento de ações que acompanhem os objetivos do negócio. 

Em suma, a gestão estratégica de recursos humanos é aquela vista como parceira da empresa e dos colaboradores. Ela atua de maneira ativa para determinar as melhores práticas e ser capaz de equilibrar os interesses de todos. Além de garantir que as tomadas de decisões e demais iniciativas estejam alinhadas ao planejamento da empresa para garantir um futuro forte e lucrativo. 

A importância do RH estratégico nas empresas 

O RH estratégico alinha os interesses da empresa aos do colaborador, mantendo todos engajados com suas metas e objetivos. Dois exemplos disso são a criação de bonificações por metas alcançadas e os indicadores de desempenho.  

O profissional de RH que adota uma gestão estratégica treina e prepara seus colaboradores de forma eficaz. Além de oferecer incentivos para o desenvolvimento dos profissionais. Os incentivos ofertados podem aumentar o senso de pertencimento do colaborador na empresa e garantir sua permanência.  

É válido ressaltar que o RH estratégico tem sua comunicação horizontal justamente por entender que a empresa é feita por quem faz com que ela funcione: as pessoas. Nesse sentido, é fundamental ter ações que valorizem o capital humano, como o Employee Experience, planos de sucessão e PDI

O RH estratégico também tem como missão acompanhar as mudanças do mercado, que se encontra cada vez mais volátil, proporcionar e capacitar os colaboradores de forma mais estratégica e utilizar ferramentas, como o People Analytics, para analisar o cenário e tomar decisões mais assertivas. 

Como tornar o RH estratégico? Conheça suas 4 funções!  

Existem 4 fatores essenciais para o RH sair do operacional e se tornar estratégico. Conheça detalhadamente cada um deles a seguir: 

Visão estratégica 

A primeira função necessária para tornar o RH estratégico é conhecer profundamente sobre a missão, visão e os valores da empresa e entender a fundo seu propósito.  

Também é necessário compreender sobre a cultura organizacional, o modelo de negócio, as metas e dificuldades operacionais de todas as áreas. Esse cuidado é importante porque afeta diretamente a forma como as pessoas trabalham.  

Ter o conhecimento integral sobre todos os processos possibilita ao profissional de RH propor melhorias e desenvolver soluções apropriadas às necessidades da empresa. Assim como definir quais ferramentas utilizar para otimizar os processos. 

Análise de dados 

Toda empresa tem um setor que lida com métricas, cálculos, logística e indicadores. E, atualmente, o volume de informações tem sido cada vez maior. Por isso, automatizar essa análise de dados é fundamental.  

Diversas áreas já passaram pela transformação digital a fim de otimizar o tempo e elevar a produtividade do time. Mas quando falamos em gestão de pessoas, a tecnologia auxilia o profissional a focar na parte humana e automatizar as tarefas mais burocráticas. 

Liderança 

O papel da liderança deve ser um fator a ser considerado e treinado, já que impacta em todas as áreas da empresa.  

Um bom posicionamento ajuda a alinhar os objetivos, engajar a equipe com suas metas e dar suporte tanto pessoal quanto profissional. Um líder capaz de se comunicar da forma correta pode elevar a motivação e a satisfação da equipe por meio de uma presença ativa e prestativa. 

Tecnologia 

O RH é considerado estratégico justamente por utilizar a tecnologia como aliada da gestão. Ela não serve somente para automatizar rotinas burocráticas, mas também otimizar as funções da gestão de pessoas como um todo.   

A tecnologia é valiosa no setor de RH por transformar as informações em percepções, que podem ser usadas para uma tomada de decisão mais ágil e assertiva. Além disso, ela também torna mais fácil a realização de avaliações personalizada e o alinhamento de metas. 

<div role=”main” id=”formulario-ebook-engajamento-e-retencao-f0d6c7ab88629e6b0d32″></div><script type=”text/javascript” src=”https://d335luupugsy2.cloudfront.net/js/rdstation-forms/stable/rdstation-forms.min.js”></script><script type=”text/javascript”> new RDStationForms(‘formulario-ebook-engajamento-e-retencao-f0d6c7ab88629e6b0d32’, ‘UA-33617091-1’).createForm();</script> 

Como implantar o RH estratégico?

Na realidade, não existe uma fórmula mágica para implantar um RH estratégico, mas sim alguns essenciais. Para isso, é necessário mudar alguns processos e hábitos da gestão de pessoas. Confira só: 

Monitore os indicadores atuais 

Os Indicadores (KPI) metrificam o desempenho dos colaboradores em relação às metas e objetivos estratégicos que foram desenvolvidos durante o planejamento. Essas informações ajudam o RH a ter mais eficiência e tomar as decisões certas. 

Os KPI’s devem ser monitorados para identificar comportamentos como: a satisfação dos colaboradores, a performance, o turnover, a eficiência operacional, entre outros que devem ser regularmente acompanhados.  

Crie e alinhe os objetivos estratégicos 

É fundamental estabelecer objetivos estratégicos para definir o que se pretende alcançar. Porém, eles devem estar sempre bem alinhados com o propósito geral do negócio.  

Pense em quais passos precisa dar para alcançar o sucesso da organização e estabeleça metas para isso.  

Invista na atração e retenção de talentos 

A função do RH não acaba após a contratação, já que é necessário que os talentos sejam retidos, incentivados e desenvolvidos. Quando isso não acontece, a rotatividade pode aumentar muito.  

Por esse motivo, é importante criar estratégias para atrair e reter os talentos na organização. Existem diversas formas de fazer isso, como benefícios de reconhecimento e recompensa, planos de saúde, vale alimentação e cultura, bolsa educação e parcerias.  

Invista em melhorias na comunicação interna 

Ter uma comunicação mais próxima com os colaboradores faz toda a diferença na gestão estratégica do RH, pois evita erros de alinhamento, desmotivação, conflitos internos, entre outros.  

É essencial planejar ações de comunicação interna que façam com que os profissionais se sintam parte da empresa, fortificando ainda mais a cultura organizacional. 

A tecnologia na gestão do RH estratégico 

Para beneficiar a empresa e os colaboradores por meio de práticas estratégicas, o RH pode se valer do uso de tecnologias, como softwares e sistemas que automatizam tarefas mais burocráticas. A utilização dessas ferramentas permite medir o grau de satisfação dos colaboradores em seu emprego. É o caso da pesquisa de clima, que ajuda a diagnosticar o ambiente e investir em ações que proporcionam o bem-estar e promovem o engajamento. 

O mercado da tecnologia já disponibiliza alguns softwares que auxiliam no processo de gestão integral da empresa, centralizando informações, cruzando dados, realizando cálculos de remuneração variável e uma infinidade de possibilidades.  

Essas plataformas de gestão garantem que não haja extravio de dados, o que frequentemente ocorre quando toda a informação da empresa está em várias pilhas de papel ou em cada vez mais arquivos de planilhas de Excel. 

Os softwares de gestão fornecem com muito mais facilidade a informação necessária para determinado momento, assim é possível otimizar e reduzir o tempo do RH com tarefas burocráticas e estressantes.  

E se você quer implementar um RH mais estratégico na sua empresa, a Mereo pode te ajudar! Clique aqui para saber mais sobre as nossas soluções!

plataforma Mereo

Artigos relacionados

Faça parte da nossa comunidade e receba conteúdos valiosos no seu e-mail.

     

    Solicite agora uma demonstração.

    Preencha os campos ao lado para agendar uma demonstração da nossa plataforma.